quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Dia após dia, fale,seja amor. Aproveite e faça o que gosta.


Fale de amor- Jorge Camargo

No espelho dágua de seus olhos
Abra os portais de seu abraço
Se for possível, use palavras

Proclame a vida
Em seu singelo esplendor
Cantando ao vento
A música do seu amor

Fale de amor
Trocando os sons pelo silêncio
Tornando voz em gesto e atos
Se for preciso, use palavras

O sol, a lua e as estrelas,
Mulheres, homens e animais
Irmanados na riqueza
Suprema que é viver em paz

Proclamem a vida
Em seu singelo esplendor
Cantando ao vento
A música do seu amor


www.letras.mus.br/jorge-camargo/1465996/


Tecer e tecer. Eis o que além de outras coisas gosto muito.






Essas duas peças foram tecidas por minha mamãe, Dona Ilda (85 anos)
E para me animar estou aceitando encomendas. Preço a combinar.
Vamos tecer.
Fiquem bem!
Até a próxima. Beijos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário